"Os salgueiros" e minha atual experiência com o "New Weird"

       Boa tarde, galera entrosada, hoje conclui a leitura de Os salgueiros, escrito por Algernon Blackwood em 1907, não lembro exatamente daonde tirei a ideia de ler esse conto, mas foi na época que eu estava pesquisando sobre o "new weird" após ler Aniquilação (sim, aquele que virou filme
para a Netflix).
            Para quem não conhece, o new weird é um gênero literário que tem a proposta de misturar terror, fantasia e ficção científica, em resumo, te dar medo com coisas do espaço. Pensou no H.P. Lovecraft? Pois é, ele é um dos maiores representantes desse movimento literário. Pois bem, quem acompanha meu canal no Youtube sabe como foi a experiência, de certa forma minguante, na leitura do Comando Sul (Aniquilação, Autoridade e Aceitação), e mesmo assim eu quis insistir no gênero pois como assim misturar ficção científica e terror pode dar errado? 
           Para mim, anda dando. 
           Os Salgueiros é uma referência em conto angustiante e bem elogiado em tudo que é lugar, mas por incrível que pareça, senti zero angústia. A história do conto é bem simples, dois amigos estão "mochilando" pelo Rio Danúbio, quando entram numa zona desconhecida, param em uma pequena ilhota e bagulhos estranhos começam acontecer, deixando em diversos momentos em dúvidas se é culpa de espíritos ou aliens; obviamente aliens. É algo bem rápido de se ler, uma ou duas horas se você foca. Eu fiquei um pouco decepcionada, esperava realmente ser carregada pro ambiente, mas de primeira a leitura me tirou a paciência com as descrições longas sobre a rota do rio. E depois, foi meio que "nada acontece feijoada"; mas volto a dizer, o conto é mega referência no tema e acredito que independente da minha opinião, todos deveriam ler pra emitir opinião própria. 
          Até porque o problema aparentemente está comigo e o New Weird, Aniquilação, foi mega interessante, Autoridade foi uma leitura dolorosa de enrolada e Aceitação foi pra chutar o pau da barraca. E tem mais! Quando fui ler As Montanhas da Loucura, do Lovecraft, senti muito mais a vibe de uma aventura com excesso de descrição do que de terror. Ainda estou esperando uma leitura do gênero que me faça realmente ficar angustiada como deveria fazer. E aí, vocês tem algum pra indicar pra talvez fazer minha relação com gênero melhorar? 


Beijinhos de luz e até a próxima. 
Share on Google Plus

About Ingrid Boni

Ingrid Boni, 25 anos. Formada em Serviço Social. Ama bons livros, animes, filmes e séries e tem a mania desesperadora de escrever sobre essas coisas.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Postar um comentário